Deixe um comentário

Childe Katan à Torre Negra Chegou

Então, após 5 anos de caminhada e luta, encontrei a Torre, subi seus degraus e cheguei ao topo.

A Torre Negra e seus feixes

A Torre Negra (retirado de http://morganagod.deviantart.com/)

Para situar todos, uma pequena introdução:

  • A Torre Negra é uma série de 7 livros, escrita por Stephen King, que conta a história de Roland, O Pistoleiro Badass Master, e sua busca pelo objetivo de sua pequena vida: a Torre Negra, uma torre mística que sustenta todos os ondes e quandos e está em perigo. Para saber mais, acesse: http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Dark_Tower

Assim como a história contada nos livros, a minha é longa. Então relaxa e lê.

Começou em 2008, quando eu trabalhava numa locadora e, por sobra de tempo e falta de jogos, levava livros e hqs para ler no computador da empresa.

Não sei como ou onde (provavelmente no finado F.A.R.R.A. (que Deus o tenha)) eu descobri a série, mas fiquei louco já no primeiro livro. Cada pequena curva que o Ka(~destino~) traçava na vida de Roland me deixava confuso e maravilhado.

Li, nessa fase, até o terceiro livro. Então a locadora fechou, mudei de emprego e fiquei sem tempo. Mas sempre querendo comprar a obra, que custava algo em torno de R$250. Na promoção. Como nunca fui muito organizado financeiramente, ganhava pouco e tinha outros planos, bem.. não comprei naquela época.

Após mais uma troca de emprego, em 2010, voltei a ler os livros de mais de 300 páginas. Acontece que havia, na estação de metrô da Central, um estande onde você poderia pegar livros emprestados. Claro, os livro da Torre eram muito concorridos e, por serem gigantes, ninguém entregava no tempo limite, que era de uma semana. Aí rolava uma guerra para conseguir o volume desejado. Alguém chegou a pegar o quarto livro meia hora antes de mim!

Isso também não durou muito. Algum tempo depois do meu retorno à longa estrada que conduz à torre cercada por um lindo campo de rosas cantantes, o estande fechou. Fiquei ligeiramente desolado. Me vi no deserto, novamente, sem sinal daquele objetivo final.

Decidi, então, que não me entregaria! Lutaria até chegar ao fim da linha! Só não sabia que teria que esperar uma promoção em dezembro de 2012. Pelo menos, finalmente, comprei a série e estava perto do fim, no caminho certo!

Pena que o Ka, sacana do jeito que é, ou, talvez, o próprio Rei Rubro, mexeu em alguma coisa, fazendo com que o Submarino, de forma altamente incomum, levasse quase um mês para me entregar a ferramenta necessária para conquistar o topo da Torre.

Roland pode ter sofrido mais, ralado mais, até matado mais, mas não foi fácil pra mim também. Aliás, tá fácil pra ninguém.

Com os livros nas mãos, é só ler, não? Não. Trens lotados, trabalhos da faculdade e sono, muito sono, acabaram atrasando (ou não) a caminhada. Até dia 19 desse lindo mês de março deste maravilhoso ano de 2013.

Caminhei, lutei, matei, morri e voltei a viver, passei por vários ondes, vários quandos, conheci amigos, inimigos, ri, chorei, caminhei por cidades, florestas, passei por portas e mais portas, alcancei a construção que não tem idade, passei por seus portais, subi suas escadas, vi o que havia em cada patamar, cheguei no topo, abri a última porta e vi..

Sentirei falta de Susannah, Eddie, Oi, Jake e Roland. Fora as outras pessoas que tiveram papéis importantes e têm um lugar na minha memória.

Recomendo a leitura. Recomendo muito. Recomendo com força. Talvez, no topo da Torre Negra, você encontre algo bom. Talvez encontre algo ruim. Mas não será o que encontrei. Com certeza

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Anúncios

A Farofa Corp. agradece seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: