Deixe um comentário

Pensamentos Sobre Economia

    Hoje comentei neste artigo, do site Dinheirama, algo que eu já pensava em publicar em algum lugar. É uma visão que tenho sobre economia. Não que eu seja o melhor economista, ou até que economize de verdade, mas acho que esses cuidados que mostro aqui podem ajudar em alguma coisa. Então, vou reproduzir aqui o meu comentário. Segue:

 

1) Lojas que enganam os clientes.
    As pessoas olham para o preço do natal e pensam “vou comprar após o natal porque estará mais barato”. Com certeza estará, mas, nem sempre, mais barato que o normal. Às vezes, as lojas elevam os preços em determinadas épocas para, depois, colocarem em “promoção”.

    É bom pesquisar os preços antes da época de “rush”. Alguns sites, que não lembro agora, mostram a variação de preços de algumas lojas.

2) Comprar sem necessidade:
    Às vezes, aliado ao problema que mostrei acima, acontece de o consumidor comprar algo porque está na promoção. Não podemos nos iludir com promoções e sair comprando qualquer coisa. Algumas vezes nem vale a pena comprar aquilo. Cuidado para não cair no controle que as promoções exercem.

3) Promoções falsas:
    Outro tipo de promoções que enganam os clientes é a que se prolonga “eternamente”. Vejo isso, na maioria das vezes, em promoções de sites que vendem livros. Como sou apaixonado por leitura, sempre recebo e-mails de promoções de várias lojas, independente de época, data, etc.

    O que ocorre é aquele tipo de promoção “Livro ‘tal’ a R$19,90”, mas o tal livro está nesse preço, ou dois reais acima, há seis meses. Então as lojas colocam o valor de lançamento (R$50) e dizem que tem um desconto de trinta reais! Se você pesquisar, ainda encontra em outras lojas a R$15.

    O que costumo usar, mesmo, é uma ideia que chamo de “preço justo”:

  • Preciso(ou quero) tanto daquilo em relação ao preço e ao dinheiro que tenho? Compro.
  • Se não é tão necessário, o preço não é tão “justo” em relação ao produto, ou não tenho dinheiro suficiente para comprar, não compro.

    Dessa forma já comprei livros a R$50 ou mais, mas, a maioria dos que compro é a R$2, R$5, R$10. Claro, não todo dia. =)

 

    Então é isso. Recomendo a todos que acessem o Dinheirama, que tem várias dicas, artigos, entrevistas e mais sobre o mundo da economia. Não apenas aquela que se aprende para empresas, mas para a pessoal e/ou familiar também.

    Talvez eu escreva mais alguma coisa nessa área, depois de voltar a ler o Predictably Irrational, do Dan Ariely, que mostra como nossa mente é usada para que gastemos dinheiro.

    Até a próxima. o/

Anúncios

A Farofa Corp. agradece seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: