Deixe um comentário

Dia 20 – Um hobby

Após longas eras, retorno para dar-lhes meus estímulos visuais que afetarão seus cérebros com nada mais que inutilidade. Ou não… E para continuar com essa brincadeira toda boa, vamos ao post de quarta-feira próxima passada, como diria o senhor meu pastor.

Eu não tenho um hobby, meu pai também não e eu não tenho grana pra comprar nem um fusca, mas deixemos a piada sem graça de lado.

Na verdade, eu não tenho mesmo um hobby. Eu tenho vários! Vida de desocupado é isso aí, arrumando distrações pois mente vazia é oficina do tinhoso. E como eu já não estou respeitando mais nada desse meme, vou postar alguns dos meus passatempos preferidos.

Sou músico, saxofonista e não sou profissional. Isso já conta como hobby, né?

Sempre curti, como já falei várias vezes, essa coisa de música. Meus pais também queriam que eu fosse músico, então me colocaram na aula de música. O problema é que eles queriam que eu tocasse sax alto, sendo que preferi o sax tenor.

Para você, amado leitor, que não sabe do que estou falando quando digo “alto” e “tenor”, fica a dica: Imagem

O da esquerda é o alto, aquele que quase todos saxofonistas tocam e quase todo mundo acha lindo.
O do meio é o tenor, que poucos tocam, eu toco, poucos conhecem, mas eu amo e é isso que faz a vida feliz.
O da direita, ah, o da direita, esse é o barítono. Pouquíssimos tocam, pouquíssimos conhecem, mas tem um som lindo e eu ainda terei um.
O de baixo é o soprano. Também são poucos que tocam, mas muitos já ouviram e acharam que era o alto. É bonito também, não como o tenor, e uma grande amiga minha toca. =)

Então eu passei a tocar sax, gostar de sax e coisas relacionadas a isso, como meninas que tocam sax… mas deixa isso pra lá. =P

Para que este post não se alongue como minha ficha criminal preguiça, colocarei meu mais novo hobby. Tenho mais uns vinte posts para fazer e pessoas querendo ler.

Estou entrando na era do bonsai. Quando digo “era”, é só para mim. A era de cuidar de uma miniatura de jaboticabeira que está ficando bunitinha.

Eu ganhei (?) da minha mãe, no dia das crianças, enquanto meu pai me dava uma barra de chocolate que ele mesmo fez a bondade de terminar. ¬¬

Ainda é uma árvore pequena (como se fosse crescer tanto assim…), mas está ficando legal. As folhas amarelas-amarronzadas que vieram de brinde, já não existem mais. Tem folhas bem verdinhas e logo dará seus primeiros frutos.

É algo que pede uma paciência e um carinho especiais, mas é muito bom ver o resultado.

Então é isso. Até daqui a pouco no próximo post, onde exercitarei mais um de meus hobbys: escrever.

Anúncios

A Farofa Corp. agradece seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: